Academia
O que é o giro de estoque?
Academia

O que é o giro de estoque?

4 min de leitura
Maryna Makarchuk
Maryna MakarchukHead of Implementation
Giro de estoque

Uma gestão eficiente de estoque é a chave para o sucesso de qualquer negócio. Quanto mais rápido é esvaziado o estoque, melhor. Um estoque parado é um fator de estresse para qualquer negócio e só através do seu giro será possível arrecadar o capital necessário para continuar expandindo a rede.

O giro de estoque mede a capacidade dos comerciantes em converter o estoque em dinheiro. De forma resumida, ele indica o ritmo no qual os produtos são vendidos e o número de vezes que o lojista reabastece seu estoque ao longo de um intervalo de tempo específico.

Sendo um índice de grande importância, o giro de estoque compara o número de vendas com o nível de estoque. Com isso, ele pode apontar pontos fracos no inventário do lojista, os quais podem estar relacionados a uma má gestão do estoque ou a um período mais fraco de vendas.

GIRO DE ESTOQUE BAIXO VS GIRO DE ESTOQUE ALTO

Um baixo índice de giro de estoque significa que o lojista errou ao fazer a previsão da demanda dos produtos do seu negócio, geralmente em função de um sistema de planejamento de estoque inadequado, investindo um capital excessivo em produtos que simplesmente não giram. Ao levar em consideração o tempo de expiração da data de validade dos produtos ou o risco deles simplesmente saírem de moda, fica fácil de perceber a importância de evitar os excessos de estoque.

Resumindo, um giro baixo de estoque pode indicar que: (1) o comerciante está com vários produtos parados por muito tempo no armazém; (2) ele compra mercadorias em excesso em relação à demanda; (3) ele deveria melhorar as estratégias de marketing.

Por outro lado, um giro alto de estoque indica o bom desempenho da loja e a sincronização dos processos de planejamento de estoque e vendas, além de mostrar que o lojista está vendendo suas mercadorias rapidamente, sem precisar gastar mais dinheiro do que o suficiente para manter e gerenciar adequadamente o seu estoque.

No entanto, um giro extremamente alto também pode dizer que o comerciante está com dívidas ou comprando inadequadamente ou não possui os fundos necessários para reabastecer seu estoque. Tudo isso eventualmente levará a níveis baixos de estoque e, com isso, perdas de vendas.

COMO CALCULAR O ÍNDICE DE GIRO DE ESTOQUE?

Três passos simples devem ser seguidos:

1) Calcule o custo dos produtos vendidos (CPV ou, em inglês, “COGS”) dentro de um período.

Isso pode ser obtido na declaração de renda anual, por exemplo.

Detalhe: O índice de CPV calcula o valor total das mercadorias (considerando os gastos de logística) recebido de um fornecedor para um armazém dentro de um intervalo de tempo.

2) Determine o custo médio do estoque.

Isso pode ser feito somando o custo final do estoque com o inicial e então dividindo esse valor por dois. Nós não recomendamos utilizar apenas o custo final do estoque pois podem ocorrer algumas variações durante o ano que devem ser levadas em conta.

Detalhe: O índice de estoque médio consiste no custo médio das mercadorias durante dois ou mais períodos. Ele é calculado utilizando o estoque do início (estoque inicial) e fim (estoque final) do ano fiscal.

3) Divida o custo dos produtos vendidos pelo custo médio de estoque.

CPV

Índice de Giro de Estoque = CPV/Média de Estoque

Exemplo

Neste ano, uma empresa X vendeu o equivalente a 5 milhões de dólares em seus produtos. O custo inicial do estoque foi de 600 mil dólares e o final foi de 400 mil. Desse modo, o custo médio de estoque é igual a 500 mil dólares e o giro de estoque é avaliado 10 vezes por ano.

O índice de giro do estoque normalmente varia bastante entre cada indústria. Ele depende bastante dos tipos de mercadorias e do tamanho da loja. Por exemplo, no varejo, as lojas de roupas populares e os supermercados tendem a possuir um giro de estoque maior já que eles geralmente precisam vender bastante para equilibrar suas baixas margens de lucro por produto. O valor comum para o indicador de giro de estoque de um supermercado é entre 18 e 20.

O QUE É O ÍNDICE DE DIAS EM ESTOQUE (DSI, em inglês)?

IDE é um indicador que mostra quantos dias são necessários para converter o estoque em vendas. É um indicador importante para se avaliar, e por sorte seu cálculo é simples, basta dividir 365 (dias no ano) pelo giro.

DSI

DSI = 365/Giro de Estoque

Esta é uma medida muito importante, já que ela mostra o tempo necessário para liquidar o estoque. Portanto, quanto menor o valor do IDE, melhor, pois isso mostra que o estoque está girando. Normalmente, supermercados e mercearias possuem valores de IDE mais baixos do que, por exemplo, lojas de carros de luxo, em função das diferenças dos negócios. É por isso que é importante comparar os IDEs somente entre empresas dos mesmos setores.

COMO MELHORAR O ÍNDICE DE GIRO DE ESTOQUE?

Então, tanto o giro de estoque quanto o IDE são medidas importantes para os comércios, já que elas mostram a eficácia da gestão do estoque e o desempenho geral da rede de lojas. Na maioria das vezes é preferível ter um alto giro de estoque.

Para aumentar o giro, você precisará utilizar um sistema de gestão de estoque de qualidade e confiança, capaz de acompanhar as variações da demanda pelos seus produtos e realizar análises do estoque em tempo real, prevenindo situações de falta ou excesso de estoque. Além disso, você deve utilizar técnicas eficientes para a gestão de estoque, as quais são implementadas automaticamente nos softwares de gestão atuais. Estes sistemas acompanham e fazem previsões da demanda, cuidam da contabilidade e do trabalho de marketing e, como resultado, reabastecem automaticamente o seu estoque no momento certo e na quantidade certa. Tudo isso, aliado a uma ótima estratégia de vendas e aplicando boas técnicas de marketing, com certeza levará o seu negócio a outro patamar.


Maryna Makarchuk
Maryna MakarchukHead of Implementation

ARTIGOS RELACIONADOS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Não perca nosso boletim semanal

18.208.132.74
;